Gustavo Venâncio Barroso de Souza. - Foto: Reprodução/Facebook

Manaus|AM – Aproximadamente R$ 300 mil em energia elétrica foram desviados nos últimos meses por um motel, localizado na avenida Liberdade, Santo Agostinho, zona oeste da capital.

Um dos sócios do Motel Free, Gustavo Venâncio Barroso de Souza, 24, foi preso em flagrante pelo delegado Paulo Benelli na manhã da última quarta-feira, 12/06, após uma operação da Amazonas Energia, com o apoio da Polícia Civil (DECFS) e o Instituto de Criminalística (IC).

Foto: Amazonas Energia/Divulgação

Os técnicos verificaram que a unidade consumidora, estava desviando energia por meio de uma segunda entrada em baixa tensão do terreno vizinho, da empresa Barroso e Reis LTDA., de propriedade do pai do acusado, causando o prejuízo no valor de R$ 283.682,67.

Gustavo foi conduzido para o 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado por furto, em seguida encaminhado para carceragem da delegacia. No mesmo dia o empresário foi solto, após seu pai pagar fiança no valor de R$ 8.400.

Foto: Boletim de Ocorrência

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) ressalta que, além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora.

Comentários

Comentários