Manaus – Em agenda oficial, desde quarta-feira (30/10), em Brasília, o secretário Estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, articula a vinda, em breve, do ministro da Saúde, Henrique Mandetta ao Amazonas. Segundo o secretário, em reunião no Ministério da Saúde nessa quinta-feira, ficou acertado que uma agenda será apresentada pela secretaria até a próxima quarta-feira.

O secretário foi ao MS na companhia do ex-deputado Pauderney Avelino, atual chefe do Escritório de Representação do Governo do Amazonas em São Paulo e do secretário do interior, Cássio Roberto do Espírito Santo.  

“A ideia é que o ministro assine em Manaus a portaria de habilitação de novos serviços, que estamos em negociação, dentre os quais os 50 leitos de UTI que implantamos no Hospital Delphina Aziz, já em funcionamento”, explicou Rodrigo Tobias. A habilitação junto ao MS permite que a secretaria receba os recursos do teto MAC (Média e Alta Complexidade) para custear os leitos que hoje estão funcionando com recursos da fonte estadual.

Na visita, o secretário encaminhou novas propostas de habilitação de leitos e serviços, que vão representar incremento no repasse de recursos para o financiamento das ações de saúde. O ministro também deverá visitar o Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), cuja obra está em fase de conclusão, ao lado do Delphina Aziz.

Nesta quinta, Rodrigo Tobias também esteve na sede do Banco Mundial, com quem o governo do Estado está negociando um financiamento de U$ 250 milhões, parte deles para a pasta da Saúde. “A pauta dessa reunião foi a participação da Saúde na carta consulta com o Banco Mundial. Estamos construindo o projeto e apresentado o custo e efetividade das nossas políticas públicas voltadas para a regionalização e gestão da saúde como um todo”.

OPAS – Na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), os secretários trataram com a área técnica de desenvolvimento sobre o termo de cooperação técnica que será assinado nas áreas de gestão de serviços, de recursos humanos e gestão do trabalho, educação permanente e regionalização da saúde. Nos dias 25 e 26 de novembro ficou agendada uma reunião técnica e a oficina da OPAS em Manaus. Nesta sexta-feira haverá um novo encontro com a representante da OPAS no Brasil, Socorro Gross Galiano.

Pela manhã, Rodrigo Tobias participou da reunião da Comissão Intergestora Tripartite cuja pauta principal foi a aprovação pelos representantes dos três níveis de governo (Estados, Municípios e Federal) da nova politica de financiamento de Atenção Primária, que aumenta o investimento federal para a Saúde nos municípios, de R$ 600 para R$ 2,4 bilhões e estabelece novos critérios para os repasses. No dia anterior, ele foi à Reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Comentários

Comentários