Manaus – Três estudantes de enfermagem do Centro Universitário do Norte (Uninorte) publicaram uma imagem no Stories do Instagram supostamente debochando de pacientes da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e causaram revolta na internet.

A autora da postagem, identificada como Flora Capelo, publicou uma selfie ao lado de outros dois estudantes com o seguinte texto “Quando você descobre que o estágio é no Tropical’. Ambos usaram a toca para cobrir o rosto, além da máscara hospitalar.

Flora Capelo já foi candidata a Miss do município de Iranduba, região Metropolitana da capital.

A atitude dos estudantes gerou revolta nas redes sociais.

Flora Capelo de que adianta tanta beleza exterior né… pode ser miss até do universo todo.Aí as "Enfermagem por Amor"…

Posted by Rayssa Nascimento on Friday, August 16, 2019

O que eles não sabem é que a FMT-HVD é referência para o Sistema Único de Saúde (SUS) em Doenças Infectoparasitárias e Tropicais, acidentes ofídicos e Dermatologia Tropical.

Em nota, a Uninorte informou que as medidas serão tomadas conforme o regimento Geral da Instituição. Leia:

Sobre o episódio lamentável envolvendo a postagem de alunos, em perfil pessoal, de forma ofensiva à Fundação de Medicina Tropical Dr Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), a UniNorte vem a público esclarecer que repudia veementemente qualquer manifestação discriminatória e preconceituosa dirigida a pessoas ou instituições.

Atitudes como essas serão apuradas e as medidas serão tomadas conforme o regimento Geral da Instituição.

A UniNorte lamenta o ocorrido e ressalta a importância da FMT-HVD como referência em doenças tropicais no país e internacionalmente. A UniNorte mantém parceria com o órgão em programas de estágio, cuja contribuição tem sido inestimável na formação dos seus alunos para o mercado de trabalho.

O Fórum Amazonas de OSCY IST HIV AIDS Hepatites Virais e Tuberculose também se pronunciou por meio de nota. Veja:

 “O Fórum Amazonas de OSC IST HIV AIDS E HEPATITES VIRAIS e Tuberculose vem público através desta, repudiar a forma desrespeitosa, pejorativa e preconceituosa que alguns estudantes de Enfermagem da Faculdade UNINORTE postaram em suas redes sociais, todos mascarados (diga-se cobrindo-se completamente) por estarem indo estagiar na Fundação de Medicina Tropical Heltor Vieira Dourado, demonstrando medo e passando terrorismo para a sociedade, assim reforcando o estigma já vivido diariamente, além do preconceito para com as Pessoas que vivem com HIV AIDS.

O Amazonas está próximo do Número de 20 mil pessoas que vivem com HIV, e sempre nas primeiras posições quando se trata de novas infecções e mortes por AIDS.

Devido a atitudes como essa que combatemos há mais de 35 anos, e que se perpetuam através daqueles que são os que primeiro deviam nos cuidar, já que o cerne da profissão da enfermagem é o cuidado, mas tristemente vemos atitudes como essas que, impedem que pessoas tenham informações corretas, e deixem de se testar ou tratar, já que o HIV/AIDS ainda nos dias de hoje é visto como sentença de morte! Lamentamos essa atitude de futuros professionais.”

Comentários

Comentários