Os estudantes que participarem do 3º Simpósio Nacional de Ouvidorias realizado pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), nos dias 22 e 23 deste mês, terão direito a 16 horas complementares às atividades das instituições de Ensino que estiverem vinculados. 

Para participar do Simpósio, os interessados devem se inscrever no site da Escola de Contas Públicas (ECP) do TCE-AM, no endereço eletrônico:https://ecp.tce.am.gov.br/.

De acordo com o Diretor da Ouvidoria da Corte de Contas, Harleson Arueira, as horas complementares serão válidas para todas as universidades do Amazonas. 

“O Simpósio é aberto para acadêmicos de todas as áreas e de todas as Universidades. Garantiremos 16 horas complementares aos que efetivamente estiverem no evento”, disse o diretor.

Discussões – Promovido pela Ouvidora Geral do TCE-AM, sob coordenação do ouvidor-geral Érico Desterro, a 3ª edição do Simpósio terá apoio da Rede de Ouvidorias do Amazonas, do Ministério Público de Contas, do Instituto Rui Barbosa e da Associação os Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon).

Com o tema “Ouvidoria Contemporânea: governança, cidadania e inovação”, o evento, que tem o apoio da conselheira-presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, tem como objetivo promover à sociedade amazonense e brasileira, discussão e reflexão à respeito da evolução dos mecanismos institucionais e sociais de controle, como também, o acompanhamento e a participação na gestão pública. 
Entre os palestrantes confirmados estão o Ouvidor Geral da União, Valmir Gomes Dias; o Corregedor Geral da União, Gilberto Waller Júnior; o Juiz Federal, Márcio André Lopes Cavalcante; o Consultor de Governança e Compliance, Daniel Perrelli Lança e o professor-doutor Rodrigo Pironti Aguirre de Castro, entre outros representantes do cenário jurídico do país.

Comentários

Comentários