Connect with us
               

Manaus, AM,

DESTAQUE

Filho de Maurício de Sousa perde seguidores ao postar fotos com marido

Publicado

em

Mauro Sousa, filho do cartunista Maurício de Sousa, postou uma foto em clima romântico com o marido, Rafael Piccin, na noite dessa quarta-feira (24). Pelo Instagram, o diretor de espetáculos desabafou sobre comentários homofóbicos que recebe sempre quando posta fotos ao lado de seu amor. Além disso, também revelou que sempre perde seguidores nessas ocasiões. E é sempre bom reforçar: homofobia é crime.

“Geralmente, perco centenas de seguidores quando posto fotos carinhosas com o Rafa. Estou preocupado? Não. Então, vai aí uma fotinha com meu amor”, escreveu Mauro na legenda da publicação na rede social. O casal está junto há mais de 13 anos.

Logo após a postagem, muitas mensagens de apoio e repúdio à homofobia. “Você não perde seguidores, eles fazem um favor de não ficarem aqui com a energia ruim. Que sigam somente aqueles que trazem amor”, disse uma internauta nos comentários.

Conteúdo LGBT na Turma da Mônica

No fim de 2019, Mauro Sousa anunciou que “A Turma da Mônica”, o maior título brasileiro de gibis, teria publicações com conteúdos LGBT. Além do filho de Maurício de Sousa, seu marido Rafael Piccin também estaria junto com ele na missão de discutir temas sobre a diversidade nas histórias em quadrinhos.

“Ainda é muito novo. Não temos data para lançamento, mas sentimos a necessidade da criação e já está sendo feito a todo vapor. Além de mim e do Rafa, outras pessoas engajadas na causa LGBT estão envolvidas no projeto. Vamos fazer limonada com limão”, explicou Mauro Sousa, diretor de parques e eventos da Mauricio de Sousa Produções ao Extra.

Contudo, em entrevista ao Estadão, Maurício de Sousa explicou que o conteúdo ainda não tem data. “Acho que nós não estamos prontos. Nós aqui no Estúdio, que fazemos histórias, não observamos ainda uma transformação e uma aceitação geral desse tipo de comportamento que, para mim, é natural, embora muita gente não ache”, disse.

“É preciso estar junto com o leitor. Quando você está junto, está protegido e em consonância com o público”, completou o cartunista. Ainda de acordo com ele, caso o projeto venha a ganhar forma, não será para o público infantil, e sim para o mais maduro, como nos quadrinhos da Turma da Mônica Jovem.

Homofobia é crime!

Vale reforçar que homofobia e transfobia são crimes previstos por lei. Eles entram na lei do racismo, já existente há 30 anos e, com isso, as punições são semelhantes. O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homofobia em junho de 2019.

Veja o que é considerado crime:

  • “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito” em razão da orientação sexual da pessoa poderá ser considerado crime;
  • a pena será de um a três anos, além de multa;
  • se houver divulgação ampla de ato homofóbico em meios de comunicação, como publicação em rede social, a pena será de dois a cinco anos, além de multa;
  • a aplicação da pena de racismo valerá até o Congresso Nacional aprovar uma lei sobre o tema.

Créditos: BHAZ

Mais Lidas