Daiane Reis Mota, de 25 anos, que estava desaparecida desde a tarde do último sábado (16), na cidade de Serrinha, na Bahia, foi encontrado morta, na manhã deste domingo (17), em um matagal, no mesmo município.

A vítima estava grávida de oito meses e meio e tinha agendado o parto para próxima segunda-feira (18). Com informações do portal Acorda Cidade.

Daiane, foi baleada com um tiro na nuca e achado por um grupo de ciclistas que faziam trilha e estavam indo em direção ao povoado de Barra do Vento, quando avistaram a gestante caída na mata, de barriga para baixo.

A vítima era casada e tinha um filho de três anos de um relacionamento anterior. Ela residia às margens da BA-409, próximo à rodoviária.

De acordo com informações do radialista José Ferraz, da rádio regional de Serrinha, a jovem trabalhava em uma farmácia e saiu para comprar itens do enxoval do bebê, por volta das 15h, e não retornou mais.

Desesperada, a família fez diversas postagens nas redes sociais com a foto de Daiane e telefones para contato, e chegou a fazer um apelo em uma rádio da cidade, na esperança de encontrá-la.

A Polícia Civil baiana investiga a autoria e a motivação do assassinato .

 

Comentários

Comentários