Manaus – A cistite é uma inflamação da bexiga que causa muita dor e pode ter diversas causas. A doença é muito comum na vida dos bichanos. Além de causar dor, ela pode afetar de maneira permanente órgãos importantes, como os rins.

Os gatos têm o hábito de ingerir pouca água, desenvolvendo assim infecções urinárias. É o caso da Milly, uma gatinha de dez aninhos que foi diagnosticada com cálculos na bexiga e precisou de procedimento cirúrgico, realizado na Clínica Saúde Animal, localizada no bairro Novo Aleixo, zona Norte da capital.

Fique atento aos seguintes sinais que revelam quando um gato está com inflamação urinária:

Lambedura da genitália;

Sangue na urina;

Dificuldade e dor ao urinar;

Prostração,

Falta de apetite.

Como é o diagnóstico?

Observar e relatar os sintomas apresentados é fundamental para ajudar o veterinário a chegar mais rápido a um diagnóstico.  Em caso de suspeita de inflamação urinária, ele poderá solicitar exames como ultrassom abdominal, raio-X, exame de sangue e de urina. Isso, porque além de comprovarem a alteração, eles também ajudam o profissional a chegar à causa do problema.

Prevenção e tratamento

Assim como em qualquer caso de doença em gatos, ao notar sintomas atípicos no seu pet, a melhor providência é levá-lo a um médico veterinário. 

Lembrar sempre de alguns pontos básicos pode ser garantia de evitar o aparecimento da cistite, como:

Estimular a ingestão de água: alguns gatos preferem tomar água parada, então potinhos de água são o suficiente. Outros, porém, preferem água corrente, sendo necessário o uso de fontes para gatos. A quantidade de potes de água ou fontes também é crucial para uma boa manutenção da saúde dos animais, sendo indicadas pelo menos uma para cada gato da casa e uma a mais, todas em lugares diferentes da casa.

Estimular a micção (fazer xixi): a quantidade de caixas de areia deve variar de acordo com a quantidade de gatos e o tamanho da casa, devendo ter pelo menos uma caixa para cada gato e uma extra, além de estarem espalhadas em lugares diferentes.

Alimentação: rações de baixa qualidade e alimentação imprudente com alimentos humanos podem estimular problemas urinários, como cálculos e cistite.

Estresse: os gatos são animais independentes e suas vontades devem ser respeitadas, alguns gatos preferem ficar sozinhos, outros não aceitam a presença de visitas. Fique atento e preserve seu bichano de situações incômodas para ele.

Portanto, leve seu bichano sempre ao veterinário, e mantenha as vacinas em dias, evitando assim, o desenvolvimento de outras doenças. A Clínica Saúde Animal fica localizada na rua João Câmara, nº 1532, bairro Novo Aleixo.

Tel. 99240.7223/ 3221.3777/3223.7100

Comentários

Comentários