Foto: Reprodução/Internet

Gil Gomes, aos 78 anos, morreu nesta terça-feira, 16/10, em São Paulo. O jornalista e apresentador fazia tratamento contra um câncer. Ele sofria de Parkinson, e devido a doença passava a maior parte do tempo recluso em casa.

Gomes passou mal na madrugada em casa. Ele foi encontrado desacordado e levado às pressas ao Hospital São Paulo, que confirmou a morte do jornalista.

Bastante famoso por usar o bordão ‘aqui, agora’, entoada pela sua voz potente, Gil Gomes ficou conhecido na crônica policial. Ele começou a carreira jornalística aos 18 anos, em uma rádio, como locutor esportivo. Dez anos depois, na Rádio Marconi, passou a cobrir reportagens policiais.

Com informações do UOL

Comentários

Comentários