Connect with us
               

Manaus, AM,

MUNDO

Mais de 300 pessoas estão ‘presas’ em festa rave, por quarentena do novo coronavírus

Publicado

em

Panamá – Não é novidade para ninguém que diversos festivais de música estão sendo adiados ou suspensos em todo o mundo, como é o caso do Lollapalooza, o Coachella e o Festival de Glastonbury devido à pandemia do coronavírus. Mas nada como o Tribal Gathering Festival, no Panamá, que foi fechado pelo governo, deixando 300 pessoas presas no local. As informações são da Vice.

Logo após o governo do Panamá declarar estado de emergência por conta do Covid-19, o público do festival foi proibido de sair.

O evento acontecia próximo de Playa Chiquita, um dos mais bonitos locais do país caribenho.

O fato aconteceu na última sexta-feira (13/3) e o público deverá permanecer no local até dia 23. O objetivo é controlar a propagação do vírus.

A polícia militar do país cercou o local do Tribal Gathering Festival, mas, segundo a organizadora Luu Carretero Sierra, o governo não está dando suporte para as cerca de 300 pessoas no isolamento.

Luu afirmou que os habitantes locais se voluntariaram para ficar e ajudar com segurança e negociar com o Ministério da Saúde e o exército.

“O governo do Panamá não está dando nenhuma assistência. Eles só nos deixaram aqui”. Ela ainda contou que os locais doaram comida.

Neste momento, porém, suprimentos médicos são um problema mais grave que a comida: a Cruz Vermelha, contratada pelo Tribal Festival para dar suporte ao público, já deixou o local. Até o momento, não há casos de Covid-19 registrados entre os participantes do festival.

Mais Lidas