A Rede Estadual de Saúde vai receber, nos próximos dias, 90 monitores de sinais vitais multiparamétricos e 40 desfibriladores cardíacos. Os equipamentos, avaliados em R$ 4 milhões, estão sendo doados pelo Ministério da Saúde, sem nenhum custo para os cofres estaduais.

São equipamentos produzidos no Brasil por meio da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), estabelecida entre o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a empresa de dispositivos médicos Lifemed e o Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (Deciis) do Ministério da Saúde.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, os equipamentos, que serão destinados a hospitais da rede estadual, chegam em boa hora, pois significam economicidade para o Estado e ainda a oportunidade de modernização do parque tecnológico de assistência à saúde.

A PDP é um programa do Governo Federal que visa a cooperação, mediante acordo entre instituições públicas e entre instituições públicas e entidades privadas, para desenvolvimento, transferência e absorção de tecnologia, produção, capacitação produtiva e tecnológica do país em produtos estratégicos para atendimento às demandas do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Amazonas é o 19º estado da federação a receber equipamentos produzidos pela PDP da Universidade Estadual da Paraíba.

Comentários

Comentários