MANAUS – Morreu na manhã desta sexata-feira, 14, dona Marisa Mendes, irmã do ex-governador Amazonino Mendes e secretaria em vários mandatos exercidos por ele na Prefeitura de Manaus e no governo do Estado.

Dona Marise foi secretária de Humanização, criado por Amazonino em seu segundo mandato de reeleito (1993-1995) e de Assistência Social no segundo e terceiro governo ( 1996-2003) e era a era a irmã que mais se parecia com o politico, inclusive fisicamente. Por incentivo do irmão, tentou carreira política, chegando a se eleger vereadora.

Marise Mendes tinha 85 anos e estava internada na clínica Check Up. Segundo boletim médico, na manhã desta sexta-feira , 14/02 teve uma parada cardíaca, devido a complicações respiratórias e renais. Morreu às 9h45.

Durante a sessão plenária, a Assembleia Legislativa interrompeu os trabalhos e fez um minuto de silêncio.

A Secretaria de Estado de Comunicação emitiu uma nota em nome do governador Wilson Lima. Leia:

NOTA DE PESAR

O Governo do Amazonas manifesta profundo pesar pela morte de Marise Mendes, ex-vereadora e irmã do ex-governador Amazonino Mendes, ocorrida na manhã desta sexta-feira (14/02).

Além da atuação como parlamentar, Marise Mendes teve papel destacado na Assistência Social, sua área de formação, tendo sido secretária das pastas do Estado e do Município, além de conselheira de Assistência Social. Era ainda funcionária aposentada da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

O governador Wilson Lima envia condolências aos familiares e amigos da família, com quem compartilha os sentimentos neste momento de dor e luto.

Comentários

Comentários