Manaus/AM – Em sua 24º edição, o espetáculo “Paixão de Cristo” será encenado nesta sexta-feira, 30/3, das 19h às 22h, em apresentação única, na Rua J,  no Campo de Futebol da Liga Desportiva,  Armando Mendes, zona Leste. Serão cinco cenários distribuídos nos 100 metros do campo, em, aproximadamente, duas horas de peça. Ao todo participam do projeto 362 pessoas na dança, teatro, música e organização.  As programações da Semana Santa contam com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Este ano como tema “A Força da Fé”, a celebração de abertura será feita pelo arcebispo de Manaus Dom Sérgio Eduardo Castriani. Na ocasião, o arcebispo falará sobre a Campanha da Fraternidade que este ano tem como tema “Fraternidade e a Superação da Violência”. Os estudantes das escolas da zona Leste participarão na abertura com apresentação de ballet. O cantor Zezinho Correa em 2017 declamou um poema e esse ano fará também uma participação especial, além de musical.

Segundo um dos organizadores do evento, Anderson Braga, o trabalho é feito em sua maioria pela comunidade. Ele explicou que, somente para este espetáculo, os ensaios acontecem desde janeiro e durante o ano são feitos vários trabalhos sociais com as mesmas pessoas, como distribuição de sopa no centro da cidade e evangelização nos municípios do interior do estado.

“Esse espetáculo, que também é o nome do nosso projeto durante o ano, é importante para que os jovens e as pessoas envolvidas encontrem na peça além de dom, uma alternativa para saírem dos riscos sociais, tornando assim cada vez mais úteis para a sociedade e crescimento pessoal, pois são projetos como estes que os valores das pessoas são despertados”, concluiu Braga.

Cristo Morto

Ainda durante a sexta-feira santa, é celebrada a “Procissão do Senhor Morto”. A tradição fúnebre do corpo de Jesus é feito pelas igrejas da Matriz e Nossa Senhora de Fátima.

O início do ato religioso está previsto para às 9h, com a procissão da Via Sacra, que sai da Igreja da Matriz e vai até o Santuário de Fátima. São feitas 14  paradas de reflexão que simbolizam a condenação de Jesus até o sepultamento.

Às 15h é feita a celebração com a “Adoração da Cruz”, que acontece no santuário de Fátima, a novidade é que esta celebração, que antes só acontecia na Igreja de Fátima este ano também acontecerá, simultaneamente, na Igreja da Matriz atendendo assim todos os fiéis. Após esta celebração acontece o translado da imagem do corpo do Senhor Morto para a Matriz.

Com a chegada da procissão, será levada a imagem do corpo de Jesus para o altar da igreja, e os fiéis, em sinal de respeito, beijam a imagem do Cristo morto. Então é encerrado com a oração Oficio do Sepulcro, intercalado de orações e cânticos.

Comentários

Comentários