Connect with us
               

Manaus, AM,

DESTAQUE

Principal infectologista dos EUA diz que está disposto a ajudar o Brasil na pandemia

“Eu ficaria feliz em discutir com as autoridades brasileiras se eles quiserem conversar sobre as opções que o país pode ter”, afirmou Fauci, em entrevista coletiva da Casa Branca sobre a pandemia.

Publicado

em

Mais importante conselheiro do presidente Joe Biden para a Covid-19, o infectologista americano Anthony Fauci disse nesta quarta (3) que está disposto a ajudar o Brasil, que enfrenta o pior momento da crise da sanitária.

“Eu ficaria feliz em discutir com as autoridades brasileiras se eles quiserem conversar sobre as opções que o país pode ter”, afirmou Fauci, em entrevista coletiva da Casa Branca sobre a pandemia.

Segundo ele, os cientistas e as autoridades de saúde precisam investigar a relação entre os anticorpos induzidos pelas vacinas que estão sendo aplicadas no país e a eficácia delas no combate à variante P1, que é dominante no Brasil.

“O melhor que se pode fazer é vacinar as pessoas o mais rápido possível, quanto mais pessoas possível”, disse ele.

Nesta quarta, o Brasil mais uma vez bateu o recorde de mortes registradas em um único dia, com 1.840 óbitos. Além disso, pelo quinto dia consecutivo, o país tem recorde na média móvel de mortes, 1.332.

O país já está há 42 dias seguidos com média móvel acima de 1.000.

Mais Lidas