Foto: Reprodução/Facebook

No Dia da Parada LGBT, que busca por igualdade social e respeito, um comentário homofóbico feito por um suposto professor da rede pública de ensino em Macapá gerou revolta.

“Hoje, a Orla de Macapá só cheira a Aids”, escreveu ele, em uma postagem feita no Facebook.

O comentário causou revolta e gerou indignação.

“Triste de ver que uma pessoa esclarecida, professor e reconhecidamente um formador de opinião escreva essas coisas! Espero sinceramente que você se retrate”, disse um.

“Tô começando a questionar de onde veio esse diploma”, acrescentou outro. 

 Suposto professor foi detonado por um comentário homofóbico. | Reprodução

Suposto professor foi detonado por um comentário homofóbico.

 Fonte: DOL

Comentários

Comentários