Connect with us
               

Manaus, AM,

EDUCAÇÃO

Seduc-AM promove encontro para discutir emendas parlamentares destinadas à educação no estado

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto reuniu, nesta terça-feira (10/03), entidades beneficiadas por meio de emendas parlamentares para apresentação de cronograma, plano de trabalho e documentações necessários para a obtenção dos recursos. O encontro teve como objetivo garantir que todos os processos sejam apresentados corretamente e no prazo adequado, para que, em 2020, a secretaria consiga aproveitar 100% das emendas destinadas à educação.

O evento aconteceu no auditório do Centro de Treinamento Padre José Anchieta (Cepan) e contou com a participação de deputados, prefeituras, associações, institutos e fundações, além de autoridades da Secretaria de Educação. Todo o material apresentado nesta terça-feira está disponível no site oficial da pasta, por meio do link: https://bit.ly/2vN83ua.

“A gente precisa assegurar que todos esses projetos sejam apresentados corretamente e no prazo adequado. Neste encontro, disponibilizamos o corpo técnico e secretaria, a fim de acompanhar internamente a tramitação desses processos e, ainda, auxiliá-los para que nenhum projeto seja rejeitado”, destacou o secretário de Estado de Educação e Desporto em exercício, Luis Fabian Pereira Barbosa.

Em 2020, a área da educação no Estado receberá mais de R$ 39 milhões destinados pelos deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). As demandas variam entre construção de quadras de esportes, aquisição de equipamentos de informática, reparos ou reformas em escolas e investimentos em projetos e gincanas culturais e educacionais.

Execução – Sobre a execução dos investimentos, a secretária executiva adjunta de Gestão da Seduc, Rosalina Lobo, cita que, em 2020, o prazo para apresentação de documentação e plano de trabalho devem ser entregues até o dia 25 de março. “Vale ressaltar que nosso papel, neste encontro, é instruir estas organizações para que nenhuma delas seja prejudicada por conta da documentação”, afirmou.

Rosalina explica, ainda, que esse é apenas o primeiro passo e a meta é tornar todos os projetos executáveis. “Nos anos anteriores, enfrentamos dificuldades com a entrega da documentação correta. Por isso, em 2020, nosso intuito é dar total suporte para estas instituições, pois assim conseguiremos cumprir todos os serviços destinados à educação, o que por consequência faz com que estas demandas cheguem mais rápido à população”, concluiu.

O Representante da Federação de Bandas e Fanfarras do Amazonas, Marcelo Maia, uma das organizações que poderá ter acesso às emendas, fala da importância de conhecer os pontos exigidos por Lei que não devem faltar no projeto. “Esta formação técnica é essencial para que cada organização alcance com êxito a aprovação do seu plano, tornando-se, assim, instrumento de um impacto que pode acontecer no ambiente em que o mesmo for executado”, destaca.

Mais Lidas