Foto: Arthur Castro/Sejusc

Até sexta-feira (13/12), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), oferece serviços como emissão de documentos no Centro de Convivência da Família Teonizía Lobo, localizado na rua da Penetração 3, Quadra 60, bairro Amazonino Mendes (Mutirão). As atividades iniciaram como parte do programa “Muda Manaus”, que, até o momento, atendeu no local mais de 1 mil pessoas com a emissão de carteiras de identidade, em primeira e segunda vias, e aproximadamente 269 certidões de nascimento em segunda via.

Segundo a titular da Sejusc, Caroline Braz, o atendimento será das 8h às 17h, com distribuição diária de 200 senhas para RG e 80 senhas para segunda via de certidão de nascimento. Ela explica que a programação terá continuidade com base no mapeamento realizado pelo órgão para atender às demandas que foram apresentadas pelos moradores.

“Durante reuniões com os líderes comunitários, levantamos as principais dificuldades da área e vamos atuar, a médio e longo prazo, em outros espaços do bairro”, afirma a secretária.

‘Muda Manaus’ – Entre os dias 5 e 7 de dezembro, a Sejusc também participou do programa “Muda Manaus” com abordagens sociais sobre tráfico humano, igualdade racial, direitos dos idosos, prevenção à exploração e abuso sexual infantil, erradicação do trabalho escravo e direitos LGBTs.

Psicólogas e assistentes sociais da rede de atendimento à mulher também realizaram palestras, abordagens informativas, atendimentos no Ônibus da Mulher, além de uma caminhada de mobilização dos homens pelo fim da violência contra mulheres. Foram 446 abordagens com distribuição de informativos, palestras sobre importunação sexual, violência obstétrica e doméstica para 876 pessoas e três atendimentos psicossociais no Ônibus da Mulher.

O público PcD (pessoa com deficiência) também contou com cadastramento para transporte intermunicipal e interestadual.

Comentários

Comentários