Connect with us

Manaus, AM,

POLICIAL

Sequestrador do irmão de Zezé di Camargo e Luciano é morto em confronto

Ozélio de Oliveira, sequestrador de Wellington Camargo, planejava o mesmo crime contra um empresário paranaense.

Publicado

em

O homem que sequestrou Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé di Camargo e Luciano, morreu durante um confronto com a Polícia Militar. O sequestrador, Ozélio de Oliveira, fugiu da cadeia em 2018, e planejava realizar o crime contra um empresário. No último sábado (9), durante operação da polícia, o sequestrador de Wellington foi baleado e faleceu. O ocorrido se deu em São José dos Pinhais, Curitiba.

De acordo com o G1, cinco suspeitos de planejar o sequestro de um empresário morreram, no último sábado (9). A polícia executou um trabalho de inteligência interna, e conseguiu localizar dois carros da quadrilha. A Polícia Militar começou a perseguir os carros e, depois disso, houve um confronto, em que os militares mataram os suspeitos.

No novo sequestro, Ozélio de Oliveira, juntamente com a quadrilha, planejavam sequestrar um empresário paranaense. Segundo a Polícia Militar do Paraná, o plano de sequestro foi descoberto por meio de denúncias. Conforme informado pela polícia, o confronto aconteceu depois de uma tentativa de abordagem dos suspeitos. Os nomes dos demais cúmplices não foram divulgados.

A Polícia Militar informou que nenhum militar ficou ferido após o confronto. Ozélio de Oliveira era foragido, e havia sido condenado a 108 anos de prisão. Entre os crimes dele estão roubo, homicídio, e o sequestro de Wellington Camargo.

Sequestro de Wellington Camargo

Nesta quarta-feira (13), o delegado Fábio Machado confirmou que um dos mortos no confronto tratava-se do sequestrador de Wellington Camargo. O sequestro do cantor gospel aconteceu em dezembro de 1998, em sua própria casa, localizada em Goiânia. Quatro homens armados realizaram o sequestro, e resgate do irmão de Zezé di Camargo e Luciano só aconteceu no dia 21 de março de 1999.

Wellington Camargo teve um pedaço de uma de suas orelhas cortado, e enviado para uma emissora junto a um bilhete, para assustar a família. O resgate pedido por Ozélio de Oliveira era no valor de R$ 300 mil, o qual foi pago. Os sequestradores deixaram Wellington dentro de um buraco e, após conseguir sair, dois motociclistas o reconheceram e o ajudaram.

Mais Lidas