Connect with us
               

Manaus, AM,

AMAZONAS

Sistema Sepror apoia na logística de ações de combate ao coronavírus

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) está atuando conjuntamente com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) em ações para combate à Covid-19. Nas primeiras duas semanas de janeiro, motoristas e caminhões foram solicitados pela SES-AM para o transporte de equipamentos, que estão sendo usados para ampliação do atendimento à população em unidades de saúde do Amazonas.

A informação é do secretário executivo adjunto da Sepror, Lúcio Bezerra de Menezes, que atendeu ao pedido da Secretaria de Saúde. “A Sepror foi solicitada a unir esforços com demais órgãos do governo estadual no combate ao coronavírus, o que nos permitiu colaborar no transporte de leitos e outros equipamentos de assistência médica para diversos locais em Manaus, a partir do depósito do Hemocentro do Amazonas (Hemoam). A Sepror está nesta batalha e estamos prontos a qualquer outra ação que o governo considerar necessária”, afirmou Lúcio Bezerra.

A Sepror mobilizou cinco caminhões-baús, sendo três da Secretaria e dois da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), e uma empilhadeira do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), além de motoristas. Para transportar a empilhadeira até o local de embarque e de descarga do material, foi solicitado apoio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) que cedeu um caminhão-guincho.

Os equipamentos transportados incluem camas metálicas, macas, colchões, cadeiras de rodas e suportes metálicos para desfibriladores, balões de oxigênio e suportes de soro, que foram entregues no Instituto da Mulher e Maternidade Dona Lindu, Maternidade Ana Braga, Maternidade Nazira Daou, Maternidade Azilda Marreiro, Maternidade Balbina Mestrinho e Hospital Getúlio Vargas.

“O combate à pandemia é uma operação de guerra e exige união de todos para vencer o coronavírus. Vamos manter as medidas sanitárias de distanciamento social, uso de máscara e lavar bem as mãos com água e sabão ou usar o álcool em gel”, destacou a chefe do setor de transportes da Sepror, Cátia Tavares.

Mais Lidas