Manaus|AM – Letícia Brasil Barbosa de 79 anos e a filha Tamara Baraga de 26 foram mortas dentro da própria casa na na rua Santa Luzia, bairro São Geraldo no final da tarde do último sábado (21).

A Polícia trabalha em linha de investigação de duplo latrocínio, pois vários objetos da casa estavam revirados e recentemente Letícia teria recebido uma indenização no valor de R$30 mil referente a um processo contra e companhia telefônica Oi.

Os corpos foram encontrados por vizinhos da vítima, que foram surpreendidos com a cena cruel de violência. As vítimas foram mortas com facadas e estranguladas, apontam as primeiras informações

Ainda segundo a linha de investigação um pedreiro conhecido da família é o principal suspeito de ter cometido o crime. De acordo com o Portal Amazonas News, um vizinho da vítima chegou a ver o suspeito medindo o muro da casa momento antes do duplo homicídio.

O homem teria estrangulado e esfaqueado Tamara e corrido atrás da idosa, que tentou buscar ajuda após perceber o que havia acontecido. Após alguns minutos, Letícia foi vista saindo ensanguentada de casa para pedir ajuda e acabou vindo a óbito na calçada, momento em que os vizinhos acionaram a polícia.

O assassino conseguiu fugir pulando o muro. A perícia criminal e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local e realizaram os procedimentos cabíveis e constataram que Tamara apresentava sinais de estrangulamento além de ter recebido cerca de 30 facadas no tórax, braços e pescoço. Letícia também teve lesões no pescoço e apresentava perfurações de faca na mão.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até o presente momento ninguém foi preso.

Comentários

Comentários