Manaus – Policiais da Força Tática prenderam em flagrante Anderson das Chagas Marques, 34, e Anderson Tufic de Souza, 28, conhecido como “Chapão”, por suposto envolvimento no homicídio do motorista de aplicativo de transporte urbano Franciney Barbosa Mendes, ocorrido na tarde de quarta-feira (4/7), por volta das 13h30, no bairro Coroado, zona leste. A vítima tinha 34 anos.

Segundo a polícia, os suspeitos travavam luta corporal em via pública quando foram abordados. Durante revista, os policiais encontraram com a dupla três revólveres calibre 38, com a numeração suprimida. Eles foram conduzidos ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para a realização dos procedimentos cabíveis.

De acordo com o titular da DEHS, Jeff MacDonald, Franciney é ex-companheiro da irmã de Anderson das Chagas. “Alguns dias antes do delito, o homem teria ido até a casa do ex-sogro, onde desferiu socos no pai da ex-companheira e discutiu com a ex-sogra. Motivado por vingança, Anderson das Chagas convidou ‘Chapão’ e outros comparsas para revidar as agressões”, declarou o delegado.

Durante depoimento na DEHS, os infratores confessaram participação no homicídio e afirmaram que, pelo menos, cinco pessoas estariam envolvidas na ação criminosa. Eles relataram que abordaram a vítima, juntamente com outros três elementos, no momento em que ela aguardava essa mulher para uma corrida. Os elementos efetuaram, aproximadamente, 16 disparos em direção ao veículo conduzido pela vítima.

Anderson das Chagas e Anderson Tufic foram autuados em flagrante por homicídio qualificado e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia 

Comentários

Comentários