Manaus – Na semana em que o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) completa 69 anos de fundação, a Corte de Contas — como órgão que se preocupa a gestão ambiental— distribui cerca de 1.200 squeezes (garrafas) aos servidores e estagiários do TCE.

A medida tem o objetivo de reduzir a utilização dos copos descartáveis, gerando uma queda na produção do lixo, assim como uma economia para os cofres públicos de quase R$ 1 milhão ao ano. Mensalmente, o TCE utiliza cerca de 80 mil copos descartáveis, uma média de 200 copos por bebedouro.

Segundo a presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, a ação faz parte da adesão da Corte de Contas à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) e tem o intuito de acabar com uso dos copos descartáveis, reduzindo, assim, os impactos ambientais.

“O TCE-AM é um Tribunal pioneiro nas auditorias ambientais e certificado internacionalmente por causa da redução de papel nos setores. Temos vários planos de ação em razão da Agenda Ambiental, entre elas esta de reduzir o consumo dos descartáveis”, afirmou a conselheira Yara Lins dos Santos.

A entrega dos squeezes começou nesta segunda-feira (14/10) e deve se estender até quarta-feira (16/10) em outros setores. Acompanhada de funcionários do Departamento de Planejamento do TCE, a secretária-geral de Administração, Virna Pereira, está fazendo a distribuição das garrafas personalizadas com uma caneta.

Comentários

Comentários