Foto: Reprodução/Facebook

Manaus – A Câmara de Vereadores de Manaus será palco, na próxima quarta-feira, 10/04, de uma audiência para discutir o projeto, de iniciativa da Prefeitura de Manaus, que regula os aplicativos para transporte individual de passageiros e passa a cobrar 1% de cada corrida realizada por motoristas de Uber, 99 pop e demais aplicativos.

Na última terça-feira, 02/04, o vereador Elissandro Bessa (SD), que é militante do Sindicato dos Taxistas do Amazonas desde 2005, representa a classe e fez um desagravo e disparou duras críticas, contra os serviços de transporte por aplicativos.

“O transporte por aplicativo está destruindo o transporte público e ninguém vê. O sistema de transporte público não tem como concorrer com um sistema predatório desse”, declarou o parlamentar.

Além disso, Bessa informou que as empresas de ônibus perdem, em média, “150 mil passageiros por dia” por conta dos aplicativos.

O vereador que foi taxista há mais de 20 anos, é empresário do ramo, e tem padrão de vida que foge com que ele prega.

Parabéns para todos os vereadores e em especial ao Vereador Bessa por querer acabar com o Uber e 99 em Manaus! #ironia

Posted by MBL – Movimento Brasil Livre Amazonas on Thursday, March 7, 2019

Comentários

Comentários