Um vídeo divulgado nas redes sociais vem chamando a atenção de todo Brasil e já motivou uma investigação policial: na gravação, dois homens são torturados e decapitados por criminosos supostamente ligados à facção Comando Vermelho. O crime teria ocorrido em Cuiabá, no Mato Grosso, e seria uma vingança pela morte da grávida Viviane Silva, de 18 anos, no dia 18 deste mês. Com informações do portal Olhar Direto.

Clique no link para ver o vídeo: Vídeo chocante de dois homens sendo decapitados

De acordo com informações da Polícia Civil do Mato Grosso, suspeita-se que um dos homens executados no vídeo é o mototaxista que levou Viviane até a Ponte de Ferro, em Cuiabá, onde ela foi executada com requintes de crueldade (ela sofreu traumas na cabeça e a pele do rosto retirada com o uso de um estilete).

Segundo a Polícia Civil, a família do mototaxista, identificado apenas como Reinaldo, procurou a delegacia no último domingo, 25/02, para denunciar o sequestro dele.

Execuções gravadas

Em um dos vídeos o mototaxista é interrogado e conta que buscou a jovem no dia de seu desaparecimento e que ouviu ela recebendo uma ligação de um homem chamado “Matheus”. Quando chegou ao destino da jovem, ele contou que foram abordados por um homem conhecido como “Zulu”.

Ele ainda disse que não contou a verdade antes por medo de que sua filha, ou ele mesmo, fossem assassinados. Já em outro vídeo um homem, vestido com as mesmas roupas do mototaxista, é decapitado por um suspeito encapuzado.

Na gravação, um rapaz de camisa azul amarrada na cabeça usa um facão para cortar os pescoços das vítimas e depois decapitá-las. Os executados estão de joelhos e com os braços amarrados.

Os assassinos gritam e anunciam, diversas vezes, que fazem parte do Comando Vermelho. “Aqui é tudo 2, tudo 2” e fazem menção à sigla CV.

Em um outro vídeo, um outro homem de bermuda preta, amarrado, é interrogado supostamente pelo mesmo grupo. Ele confessou ser o mandante do crime e que apenas ele e “Zulu” sabiam do caso. O homem também contou que a motivação foi por ciúmes.

Ao final ele ainda fala que sabia que o filho de Viviane não era seu e que também não tinha condições de cuidar de uma mulher como ela. Um homem com a mesma bermuda preta também foi decapitado em outra gravação.

 

 

Comentários

Comentários