MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou, nesta quinta-feira (21), o programa “Cosama na Comunidade”, que vai ampliar a rede de serviços da companhia e levar água potável ao interior do estado, com investimento de R$ 8 milhões. O lançamento foi feito durante cerimônia em comemoração aos 50 anos da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), na sede do Governo, zona oeste de Manaus.

Na ocasião, Wilson Lima também assinou decreto que cria uma comissão técnica para elaboração da Política Estadual de Saneamento Básico do Amazonas; e um termo de cooperação técnica com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), voltado a ações no interior do estado. Por meio do programa “Cosama na Comunidade” serão adquiridos 400 Sistemas Revolucionários com Tecnologia Inteligente de Tratamento de Água, denominado Yguatú (água boa, em tupi-guarani).

“Nós lançamos hoje, aqui o projeto “Água Boa”, em que nós vamos ter um filtro que é a modernização do Salta Z, que é uma tecnologia da Funasa. Nós vamos modernizar isso, porque esse filtro pode ser instalado na comunidade, não precisa mais daquela estrutura elevada, o filtro pode ser colocado ali no chão e as pessoas já não precisam mais carregar o balde”, destacou o governador.

Wilson Lima frisou que o novo sistema será entregue pronto para o uso, já que a Cosama fará um trabalho integral de instalação em cada local que for receber os filtros. “A Cosama vai se encarregar da instalação da rede de distribuição naquela comunidade. E aí a gente vai ter um retorno significativo na qualidade de vida das pessoas, principalmente na questão da saúde”, frisou.

Beneficiados – Os filtros beneficiarão 220 mil pessoas dos municípios e comunidades do interior do Amazonas, promovendo avanço na qualidade de vida de mais de 40 mil famílias. Para ter acesso ao programa “Cosama na Comunidade”, é necessário que a Prefeitura Municipal preencha carta de intenção fornecida pela Cosama. A partir disso, a Companhia vai iniciar processo de estudo e viabilidade para melhor atender a solicitação.

“O Salta-Z veio primeiro, agora a gente conseguiu trabalhar esse projeto novo. São 400 que a gente, a princípio, vai comprar em 2020. Agora a Cosama vai trabalhar junto com as comunidades, com os prefeitos para gerenciar isso. Vamos distribuir conforme a demanda dos prefeitos e das comunidades”, disse Armando do Valle, presidente da Companhia.

Comentários

Comentários