Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, participou do lançamento, nesta segunda-feira (29/07), no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Áurea Braga, da plataforma digital AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM). O objetivo é diversificar as estratégias de ensino dos estudantes e fortalecer os processos formativos dos profissionais da educação disponibilizando metodologias online e offline.

A plataforma digital AVA reúne cinco programas pedagógicos: o Pré-vestibular Conquistar, os cursos Ressignificação da Prática Pedagógica, Tutoria em EaD, Hora do Saeb e Cemeam Class.  Além disso, o espaço também vai reunir conteúdos digitais norteadores para o processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e do Novo Ensino Médio. 

“Nós estamos trabalhando muito no aspecto administrativo para que haja esse processo de modernização. No momento em que nós estamos fazendo isso, nós estamos economizando e tornando o sistema cada vez mais eficiente. Eu tenho determinado ao secretário de Educação e também a todos os gestores que nós trabalhemos no sentido de modernizar, de avançar, porque a Educação liberta as pessoas, dá ao ser humano um novo horizonte”, afirmou Wilson Lima, ao destacar que encontrou o Estado com grande atraso no processo de virtualização.

Após o lançamento do pacote pedagógico, Wilson Lima visitou as instalações do Ceti Áurea Braga, no bairro Compensa II, zona oeste de Manaus, onde também almoçou acompanhado do secretário estadual de Educação, Luiz Castro, e dos alunos da unidade de ensino de tempo integral.

Plataforma – Coordenado e desenvolvido pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam) da Seduc-AM, o AVA permite aos estudantes ampliar possibilidades de aprendizagem por meio da revisão de conteúdos curriculares, fortalecendo o que foi trabalhado nas aulas de todas as etapas e modalidade de ensino. A metodologia visa a melhoria do desempenho dos estudantes para exames nacionais,  ingresso ao ensino superior, correção de defasagens de aprendizagens, entre outros.

Já os profissionais da educação terão a oportunidade de integração e colaboração entre diferentes setores da Seduc-AM na definição e elaboração de cursos, formações continuadas para cursos desenvolvidos com tutoria e/ou autoinstrucionais.

“O Estado do Amazonas está trabalhando para fazer essa conexão com esse mundo de modernidade, facilitando a vida dos nossos gestores, professores e alunos. Na verdade eu já tenho esse material disponibilizado nas escolas, nos meios físicos, o que nós estamos fazendo é ampliando as possibilidades”, destacou o governador Wilson Lima.

Para Luiz Castro, a iniciativa é importante para aproximar todos os agentes envolvidos no processo pedagógico, assim como para agrupar em um só lugar todas as ferramentas necessárias para o crescimento desses agentes. “A Educação tem mais resultados de médio e de longo prazo, mas se você não tomar as decisões corretas hoje os resultados não virão no futuro”, afirmou o secretário.

Comentários

Comentários